Se hoje não fosse hoje

22:42


Se hoje não fosse hoje e sim comecinho de agosto eu não estaria aqui me perdendo em Oasis tentando encontrar Pedro e por fim percebendo que toda a falta de rumo se resume na falta de Pedro.
Se hoje não fosse hoje eu falaria com Pedro sobre alguma teoria sem sentido em relação a Summer, talvez eu brigaria com Pedro e ele me acalmaria soltando um verso de uma música da Clarice que me descreve tão direitinho que eu não teria forças para manter a raiva boba.
Se hoje não fosse hoje Pedro pegaria na minha mão em uma calçada da Avenida Paulista e diria que me acha bonita mesmo que o calor tivesse deixado meu rosto todo suado e a roupa não fosse uma das minhas preferidas.
Se hoje não fosse hoje eu sujaria todo o rosto de Pedro com meu batom vermelho enquanto ele sussurraria que não se importa porque aquilo, de fato, era muito bom e ele não queria perder aquela que, talvez, fosse sua última chance de me ver, mas não foi.
Se hoje não fosse hoje Pedro sorriria para mim no escuro de um quarto apertado e diria que me ama porque era exatamente o que eu precisava ouvir, talvez ele deixaria alguma marca pelo meu corpo só para que eu me lembrasse dele pelos próximos dias, o que realmente aconteceria e eu ficaria com saudades até o próximo encontro.
Se hoje não fosse hoje desceríamos a rua inteira até o metrô Santa Cecília sem falar um com outro ou trocando farpas só porque Pedro trocou meu nome por algum outro nome qualquer e eu faria um charme só para fingir que aquilo me afeta de alguma forma, mas depois eu ia me despedir com um beijo e pediria num sussurro para que ele me avisasse quando chegasse em casa porque sou péssima em não me preocupar com Pedro.
Se hoje não fosse hoje eu beberia vários copos de uma vodca horrível e fingiria que não percebi os olhos de Pedro em mim desde que ele chegou, talvez eu até bebesse mais só para ter uma desculpa esfarrapada para beijá-lo mais tarde.
Eu odeio beber demais
Beber demais me dá dor de cabeça
Mas se hoje não fosse hoje eu beberia à beça só para beijar Pedro de novo
E como hoje é hoje eu bebo mais ainda para esquecer que um dia beijei Pedro.

Obs: Esse texto é inspirado em um desabafo escrito por Aninha, obrigada Aninha.

You Might Also Like

0 comentários