Uma dose de amor

23:27

Hoje eu senti sua falta, foi a falta mais forte desde que você decidiu ir embora e isso deixou o meu dia transbordando álcool, lágrimas e frases incompletas sobre nós dois.
Sempre que a saudade bate tento listar tudo o que há de pior nisso, só para tentar focar em tirar essas coisas da minha cabeça, mas sempre chego conclusão que a pior parte de sentir sua falta é saber que você não sente a minha. Além disso, saudade dói demais.
Estar com você era como brincar com fogo, eu sabia que podia me queimar a qualquer momento, mas não me importava, sempre gostei do perigo e daquilo que não posso ter, até porque sou uma bomba relógio, adoro tudo o que me deixa prestes a detonar e me reinicia depois. Você me deixava louca a ponto de detonar e depois reiniciava minha contagem regressiva, normalmente com um beijo com gosto de bala de goma.
Só essa semana já passei três vezes naquela entrada de estacionamento, com aquela bendita placa escrito “1 hora – 15,00” que foi a primeira coisa que eu vi quando abri os olhos porque não conseguia te olhar, logo depois de te beijar direito e não de um jeito completamente torto e desajeitado como tinha sido alguns minutos antes. Foi quando senti o teu gosto de verdade, era vodca, pêssego e estrelas. Você bagunçou todo o meu cabelo e eu sujei toda a sua boca de batom vermelho, mas eu nem me importei porque eu estava feliz, era como se eu finalmente estivesse fazendo algo que eu realmente queria fazer.
A verdade é que eu tive que matar uma parte de mim para te manter vivo, e o pior de tudo é que eu nem me importei com isso, a maioria das pessoas diria que isso é falta de amor próprio, muito pelo contrário, é excesso de amor, talvez não seja próprio, mas é amor, ah isso é.

You Might Also Like

0 comentários