“Sei lá, a tua ausência me causou o caos…”

15:48


                                                                                                       
             Hoje cedo, quando acordei vi o quanto minha cama é vazia sem você aqui do meu lado, sem teu corpo junto ao meu, dormir não tem mais a mesma graça se eu não puder mais ouvir sua respiração enquanto fico horas olhando para o teto, já que a insonia, minha fiel amiga não me deixa. Só você sabe o quanto eu adorava ouvir sua respiração enquanto meu sono não vinha, me sentia tão segura, o seu abraço era meu ponto de equilíbrio. Confesso que quando era criança eu ficava ouvindo a respiração de minha mãe pra saber se ela estava ali comigo, ouvia para saber que eu não estava sozinha. E depois dela, você foi a unica pessoa que fez com que eu me sentisse tão segura. Mas acabou. Você me conhece, e sabe o quanto eu não queria um relacionamento, ainda mais com uma pessoa tão incrível quanto você, eu tinha medos (ainda tenho pra dizer a verdade), o medo impede que façamos loucuras, mas quando te conheci eu esqueci todos eles e cometi a maior loucura da minha vida, amei você (amo). Eu sabia, sempre soube que acabaria, e tinha medo de viver, de ser feliz, quem dirá com alguém tão maravilhoso do meu lado, chorei muitas noites, implorei para todos os deuses que não te deixassem ir, pedi que eu pudesse ficar contigo pra sempre, eu pedi, eu juro. Mas não pode mudar o futuro, e eu sabia que não tínhamos um futuro tão grande. Eu e você fomos feitos para viver o presente, mas quisemos pensar além, pensamos em como seria nosso futuro, e descobrimos que não ficaríamos juntos. Lembro em uma noite enquanto estávamos assistindo "Now is good" na sua casa, eu te disse que amava tanto aquele filme porque também tinha medo de nunca ser lembrada, medo de que todos me esquecessem, que eu não fosse importante o suficiente, que não queria ser um lembrete que as pessoas ignoram, então você se levantou pegou um pedaço de papel e começou a escrever e no fim do papel fez sua assinatura, que na minha opinião é só um monte de rabisco, mas tudo bem, eu te amo mesmo assim, meu amor.                  Então você me disse que só deixaria eu ver no dia seguinte, tudo bem, desde que ti conheci não fui muito de questionar, não queria me arrepender de nenhum segundo e como dizem "melhor se arrepender de algo que fez, do que chorar pelo o que não se fez", então assim foi, por todo nosso relacionamento. No dia seguinte, acordei e você não estava do meu lado, me senti abandonada, mas depois que li o recado que você deixou naquele bilhetinho azul dizendo que você voltava logo, esqueci meu medo de ficar sem você porque eu acreditava em tudo o que você dizia, nas suas promessas e até nas suas mentiras. Horas mais tardes você voltou com aquele papel e me mostrou que tinha ido no cartório registrar aquilo, quando li, estava escrito que você prometia solenemente que jamais me esqueceria, eu ri e você disse que era verdade, e eu acredito.
          Não acho seja tão difícil viver sozinha, eu era assim não é mesmo? As pessoas se apaixonam de novo não é mesmo? Mas do que isso vale se eu não puder me apaixonar por você todos os dias da minha vida? Não tem a mesma graça admirar um sorriso que não seja seu, rir de uma piada boba que não seja a sua. Ok, ninguém nunca morreu de amor, então eu posso sobreviver por uns tempos. Se algum dia  você pensar em voltar, volte. Só não demora muito, me sinto perdida.

You Might Also Like

0 comentários